Anvisa aprova novo medicamento para o tratamento do HIV

Medicamento de dose única aprovado pela ANVISA facilita o tratamento do HIV

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) anunciou a aprovação de um novo tratamento para HIV, combinando duas substâncias em um único comprimido de dose diária.

Chamado de Dovato, o medicamento reúne o Dolutegravir e a Lamivudina em um comprimido, suprimindo o Tenofovir, representando assim um avanço no tratamento.

Um recente estudo divulgado na 18ª Conferência Europeia de Aids (EACS 2021), avaliou a eficácia, segurança e tolerabilidade do medicamento em pacientes que receberam Dovato conforme a prescrição de seus médicos. Ele mostrou que a combinação de Dolutegravir e Lamivudina teve bons resultados no controle do vírus do HIV em um ano, sem casos de desenvolvimento de resistência. Em relação à segurança, os riscos de efeitos adversos graves e descontinuações foram baixos.

De acordo com a agência, o medicamento é indicado para adultos e adolescentes acima de 12 anos de idade com peso mínimo de 40kg, sem histórico de tratamento antirretroviral prévio ou em substituição ao regime antirretroviral atual em pessoas com supressão virológica.

A aprovação do remédio representa um avanço no tratamento das pessoas portadoras do vírus ao simplificá-lo com um único comprimido de dose diária, mantendo a eficácia, e ao diminuir a toxicidade pela retirada do Tenofovir, aumentando assim a adesão pelos pacientes.

O registro do medicamento pela ANVISA foi concedido ao laboratório GlaxoSmithKline Brasil Ltda., que, de acordo com a agência, apresentou estudos de eficácia e segurança.

Confira a bula do medicamento clicando aqui.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais

Mais postagens